Translate this blog

Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Alunos do curso Técnico em Turismo Receptivo visitam a segunda cidade mais antiga do país


No último dia 14, os alunos do curso de Turismo Receptivo da Escola Técnica Adolpho Berezin (ETEC) de Mongaguá estiveram em Itanhaém para conhecer o projeto ‘Caminhos Culturais’. Trata-se de um programa que tem como finalidade apresentar aos estudantes da Rede Municipal de Ensino os principais monumentos e equipamentos históricos e culturais indutores de turismo da Cidade.

A aluna do primeiro módulo de turismo, Aline de Oliveira Farias, se encantou com a visita ao Convento Nossa Senhora da Conceição. “É muito bonito lá dentro, mesmo que seja difícil chegar lá por causa da ladeira. Gostei de conhecer e saber mais sobre espaço. Sempre passei em frente e não sabia da história”, contou a aluna que também conheceu o Morro do Paranambuco, Gruta Nossa Senhora de Lourdes, Cama de Anchieta, Passarela de Anchieta, Museu Conceição de Itanhaém e Igreja Matriz de Sant’Anna.

Já Renan Silveira de Oliveira, estudante do segundo módulo, se entusiasmou com o passeio de barco. “Eu não sabia de muitas coisas que os professores ensinaram hoje. A fauna e flora paulista é muito rica”, ressaltou o aluno, que acompanhado do grupo, conheceu as belezas naturais e a biodiversidade do Rio Itanhaém.

Segundo o coordenador do curso graduado em turismo, Ivan dos Santos, a participação dos estudantes da escola técnica contribuirá para uma formação mais completa dos futuros profissionais. “Vislumbramos a visita técnica pedagógica como ferramenta complementar de grande relevância para a formação dos alunos. Com os encontros, eles aprendem a aperfeiçoar o que estudam em sala de aula, aprimoramento a compreensão in-loco dos termos técnicos e conceitos observados na prática”.

Fonte: ETEC Adolpho Berezin (http://eteab.com.br/cms/index.php/2015/08/alunos-do-curso-tecnico-em-turismo-receptivo-visitam-a-segunda-cidade-mais-antiga-do-pais/)

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Itanhaém (SP): Entrevista com o vereador Cesar Augusto de Souza Ferreira (Cesinha)

Vereador, faça um balanço do seu mandato no primeiro semestre de 2015
R.: O Primeiro semestre teve um início muito intenso na fiscalização dos rescursos públicos, principalmente em relação aos recursos destinados à saúde e educação. Paralelamente, apresentamos através de indicação, fontes de recursos nos governos estadual e federal, pelas secretarias e ministérios, de programas disponíveis aos municípios. Articulamos também a destinação de recursos para a saúde, através de emenda parlamentar do Deputado Federal Guilherme Mussi, do PP, que serão utilizados na compra de equipamentos para unidades de saúde da família. Participamos ativamente da Frente Parlamentar em defesa da Baixada Santista, coordenada pelo Deputado Estadual Caio França e especificamente no tema de habitação, solicitamos a agilidade no processo de regularização fundiária, para que os moradores de áreas irregulares recebam gratuitamente os títulos de propriedade.

Participamos de diversos eventos e palestras para aperfeiçoar o mandato e debater propostas para o município, em especial destaco o Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista, onde defendemos junto ao Secretário Estadual de Turismo, o fortalecimento do turismo em nossa cidade como fonte de geração de emprego e renda. 

Além disso, constantemente estamos nas ruas fiscalizando e acompanhando a aplicação dos recursos públicos, bem como ouvindo e conversando com as pessoas, em todos os bairros.
.
Na sua opinião, quais os principais projetos e temas que foram debatidos nos primeiros meses do ano? 
R.: O novo contrato do transporte público e a permanência dos bondinhos. O plano municipal de educação e a efetiva execução dos contratos de compra de materiais escolares e uniformes. Ações e medidas concretas para o atendimento de saúde, em especial a reabertura do Pronto Socorro Central, portas abertas no Hospital Regional de Itanhaém e o combate à dengue. Seriedade na aplicação dos recursos públicos. Luta pelos direitos e benefícios dos servidores públicos. Mais apoio aos esportistas da cidade e políticas públicas voltadas à juventude, cultura e esporte. Respeito à vida animal.

Quais foram as suas atividades durante o mês de recesso das sessões ordinárias (julho)? 
R.: Muito trabalho. Estudando todas as prioridades para o segundo semestre, fortalecendo a presença nas ruas, fiscalizando o executivo e prestando contas à população.

Quais temas o seu mandato priorizará a partir do segundo semestre? 
R.: A principal função do vereador além de legislar, é fiscalizar o dinheiro público. Vamos intensificar a fiscalização nos contratos de compras e prestação de serviços, para garantir que o dinheiro público, pago aos cofres públicos pelo povo através dos altos impostos, cheguem efetivamente até a população em forma de bons serviços públicos, em todas as áreas.
Vamos acompanhar a nova concessão do transporte público, que haja efetiva melhoria nos serviços e exigir a permanência dos bondinhos, para este caso específico já apresentamos em audiências públicas as soluções para regulamentar e ampliar as linhas dos bondinhos, cabe ao executivo aderir a proposta e colocar em prática.
Acredito que devemos apreciar e votar o Plano Diretor do Município, o Plano Municipal de Mobilidade Urbana e o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, são diretrizes e regulamentações que devemos deliberar, organizando a legislação e as normas da cidade para os próximos dez anos.
Além disso, iremos votar o orçamento para o ano de 2016, vamos propor que a saúde tenha prioridade no orçamento e que haja mais investimentos nas pessoas, no ser humano e na geração de emprego, através do esporte, da educação, da cultura e do turismo. Vamos novamente propor políticas públicas voltadas à causa animal, através de lei e cobrar do executivo mais atenção aos animais, com a implantação do centro de controle de zoonoses.
Cobrar o andamento e agilidade em diversas obras que se encontram paradas, em especial as unidades de saúde do Jardim Grandesp e Jardim Mosteiro, a conclusão da reurbanização da orla da praia, unidades escolares, equipamentos públicos e calçamento de ruas.
Vamos continuar nas ruas, cada vez mais próximos das pessoas e buscar atender aos anseios da população.