Translate this blog

Pesquisar este blog

sábado, 30 de abril de 2016

Reflexões sobre a formação e atuação dos profissionais em turismo

Por: Aristides Faria

Tenho conversado com meus alunos do primeiro semestre do curso superior de tecnologia em gestão de turismo sobre a formação e carreira em nosso setor. Algumas dúvidas têm surgido, então gostaria de lançar algumas reflexões e pontuar alguns fatos concretos também.

Começo minhas reflexões com duas informações bastante relevantes sobre o tema: o título de “Turismólogo” foi criado pela Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo (ABBTUR) em 1999 com a finalidade de denominar profissionalmente os bacharéis em turismo (link); o governo brasileiro promulgou a Lei nº 10.457, de 14 de maio de 2002 (link), que instituiu o Dia do Bacharel em Turismo (27 de setembro).

Um pouco mais recente é a Lei Geral do Turismo (Lei nº 11.771, de 17 de setembro de 2008) (link), que dispõe sobre a Política Nacional de Turismo e define as atribuições do Governo Federal no planejamento, desenvolvimento e estímulo ao setor turístico.

Convém registrar a existência e, claro, a relevância do Decreto nº 7.381, de 2 de dezembro de 2010 (link), que regulamenta a Lei Geral do Turismo, dispõe sobre a Política Nacional de Turismo e do mesmo modo define as atribuições do Governo Federal no planejamento, desenvolvimento e estímulo ao setor turístico.

Mais especificamente em relação à formação, gostaria de apontar algumas questões: quem se forma em cursos técnicos é conhecido como “Técnico” em determinada área; os egressos de cursos superiores de tecnologia são os “Tecnólogos”; e os que se formam em cursos superiores de bacharelado são, naturalmente, “Bacharéis”.

Para os Técnicos do eixo tecnológico “Hospitalidade, Lazer e Turismo”, as possibilidades de verticalização de seus estudos para cursos de graduação no itinerário formativo seriam o curso superior de tecnologia em gestão de turismo (se formando tecnólogos) e/ou o bacharelado em turismo (se formando bacharéis).

No caso do turismo, em especial, destaca-se a denominação “Turismólogo” (original de 1999), que encontrou amparo legal na bastante recente Lei 12.591, de 18 de janeiro de 2012 (link), que reconhece a profissão de Turismólogo e disciplina o seu exercício.

De pronto é possível notar que não está claro “quem” é o tal Turismólogo já que o Artigo 1º foi vetado. Veja o teor original do texto vetado:

Art. 1º A profissão de turismólogo será exercida:

I – pelos diplomados em curso superior de Bacharelado em Turismo, ou em Hotelaria, ministrados por estabelecimentos de ensino superiores, oficiais ou reconhecidos em todo território nacional; [então excluem-se os Técnicos e Tecnólogos]

II – pelos diplomados em curso similar ministrado por estabelecimentos equivalentes no exterior, após a revalidação do diploma, de acordo com a legislação em vigor; [continuam exluídos os Técnicos e Tecnólogos, já que são formações com menor carga horária e ofertados no Brasil]

III – por aqueles que, embora não diplomados nos termos dos incisos I e II, venham exercendo, até a data da publicação desta Lei, as atividades de turismólogo, elencadas no artigo 2º, comprovada e ininterruptamente há, pelo menos, cinco anos. [verifica-se, deste modo, que mesmo não formados na área ou ainda sem formação superior poderiam ser chamados de “Turismólogos” e, assim, exercer as atividades apontadas pela Lei]

Ao contrário do que me parece dizer o senso comum, então, “Turismólogo” deixou de ser, necessariamente, o bacharel em turismo! Já vamos entender melhor essa questão.

A partir da entrada em vigor deste documento em 2012, convencionou-se a completa desregulamentação do setor no que tange a formação dos profissionais do turismo, pois ao mesmo tempo em que se estabelecem as atividades do Turismólogo, desconsideram-se quaisquer requisitos ou outros parâmetros para seu exercício.

Isso significa que o cachorro jamais vai morder seu próprio rabo! A Lei reconhece as atividades dos turismólogos, mas ao mesmo tempo elimina exigências, requisitos ou parâmetros para seu exercício, tais como a obtenção de título no Brasil ou similar no exterior após revalidação no país (art. 1º), àqueles que têm comprovada experiência profissional no setor/cargo (art. 1º), o formato da contratação (art. 3º) ou o cadastro em conselho profissional federal/estadual (art. 4º).

ABBTUR aponta que: “É preciso entender que BACHAREL EM TURISMO é o Título Acadêmico pertencente ao egresso do curso de Bacharelado em Turismo. Já o TURISMÓLOGO deveria [!] ser o Título Profissional, quando se denomina profissionalmente os graduados em nível superior em turismo, hotelaria, gastronomia e eventos, no Brasil ou no exterior com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e refletir o direito a essa titulação profissional aos graduados em outras áreas, que atuam no mercado turístico há mais de 5 (cinco) anos comprovadamente, desenvolvendo atividades previstas na Lei de Reconhecimento do Turismólogo” (link).

Ocorre que a Presidente Dilma Rousseff, como visto, vetou os artigos que tornavam clara a questão. A propósito, muito obrigado pelo (péssimo) legado!

Vejo que nós bacharéis em turismo, pelo que aponta o cenário atual, fomos desestimulados em fortalecer a entidade de classe que tem feito as vezes de conselho profissional. Críticas e discussões ideológicas à parte, a ABBTUR tem prestado ao longo de mais três décadas um serviço – senão objetivo – simbólico muito importante aos estudantes e profissionais do setor.

#somostodosturismologos

Concluo minha reflexão com o resultado de uma consulta ao Consultório Etimológico (link) sobre a origem do termo “turismólogo”. O “tur” possui origem no Latim tornare, que significa em português “fazer dar a volta, polir, girar um torno”, ou seja, uma referência às viagens como as conhecemos atualmente; lógos significa razão ou motivo e, consequentemente, loguía [logía] seria o estudo para chegar ao motivo e razão!
.
Acredito, então, que aquele que se dedica a estudar, refletir, buscar compreensão sobre o fenômeno do turismo pode sim ser considerado um Turismólogo – ainda mais após os vetos impostos à Lei 12.591/2012, como visto!

Um forte abraço!

Sucesso sempre,

Aristides Faria

..:: Sobre o autor ::..

Prof. Me. Aristides Faria Lopes dos Santos, Docente do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo (Campus Cubatão).

Diretor de Comunicação da Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo do Estado de São Paulo (2009-2010; 2011-2012). Membro do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Estado de São Paulo (2010-2012; 2013-2015).

Doutorando e Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi (2013-2015), MBA em Gestão de Projetos pela Universidade Católica de Santos (2011), Especialista em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003) e Bacharel em Turismo pela Universidade do Sul de Santa Catarina (2000-2002).

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Evento movimenta o trade turístico de Santos e região

Por razões pessoais (mudança, reforma, gestação, etc.) não pude estar presente no evento “Região em Pauta: Turismo”, promovido pelo jornal A Tribuna, realizado em Santos na última segunda-feira (25).

O Cristian Alves, diretor da Novo Mundo | Relações Públicas, marcou presença e representou os esforços que temos desempenhado na promoção do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA), evento anual e itinerante pelas Estâncias Turísticas do Estado de São Paulo.

A próxima edição do SEHLIPA acontecerá em Itanhaém (SP), no próximo dia 2 de maio (segunda-feira), entre as 17h00 e 21h00. A entrada é franca e as inscrições podem ser feitas por meio do website do evento: www.sehlipa.com.

Agradeço aos colegas que estiveram presentes e fizeram uma foto com a logomarca do SEHLIPA!

Um forte abraço!

Sucesso sempre,


Aristides Faria

..:: [Fotos do evento] ::..


 

domingo, 24 de abril de 2016

SEHLIPA firma parceria com o Instituto Zeller de Odontologia Especializada

Os “anfitriões profissionais”, como são conhecidos recepcionistas e garçons na hotelaria, por exemplo, precisam ter um belo sorriso para bem receber a seus clientes!

Itanhaém sediará a quinta edição do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA), evento anual e itinerante, que reúne empresários, profissionais e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo no Estado de São Paulo.

O Seminário vem reunindo profissionais do setor para discutir tendências e propostas para o desenvolvimento do turismo regional no litoral paulista. A quinta edição do SEHLIPA conta com o apoio da Associação Comercial, Agrícola e Industrial de Itanhaém (ACAI), entidade que receberá os participantes em sua sede.

Neste ano, Aristides Faria, idealizador e promotor do evento, firmou parceria com o Instituto Zeller de Odontologia Especializada (http://zellerodontologiaespecializada.blogspot.com.br/), que se dedica à promoção da saúde bucal de crianças, jovens e adultos na Região Metropolitana da Baixada Santista e, em especial, da área continental da cidade de São Vicente.

“O sorriso é nosso cartão de visitas e para os profissionais da hospitalidade é uma ferramenta de trabalho. Além da questão estética, a saúde bucal é importante para a o equilíbrio da saúde corporal como um todo”, afirma o Dr. Caio Borelli Zeller, Presidente do Instituto Zeller.

O Instituto possui ampla atuação no terceiro setor por meio da “ONG Dentistas para Todos”. Para saber mais e acompanhar suas ações sociais curta sua página no Facebook.

..:: Sobre o Instituto Zeller de Odontologia Especializada ::..

Dr. Caio Borelli Zeller (CRO-SP: 93762): Graduação em Odontologia pela Universidade Santa Cecilia (Santos/SP), Especialização em Periodontia pela Associação Brasileira de Odontologia. Cirurgião Dentista atuando nos principais temas: Peridontia, Cirurgia Oral de Retidos e Auditoria.

Dra. Vanessa Zeller (CRO-SP: 98960): Graduação em Odontologia pela Universidade Santa Cecília (Santos/SP) e Pós-Graduação em Ortodontia pela Associação Brasileira de Odontologia.



..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)
Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj


quinta-feira, 21 de abril de 2016

Observatório do Turismo | Litoral Paulista (IFSP Campus Cubatão)

Projeto de Iniciação Científica do IFSP Campus Cubatão, coordenado pelo Professor Aristides Faria, implementará observatório do turismo no Litoral Paulista.

O Projeto “Competitividade no setor de Viagens e Turismo: estudo de casos múltiplos no Litoral Paulista”, elaborado nos termos do Edital PIBIFSP nº 003/2016, teve sua aprovação publicada na última segunda-feira (19/04).

A ação consiste na indexação de índices sociais e econômicos, no estudo destes dados e na consequente emissão regular de boletins contendo análise do desempenho mercadológico do setor para todos os atores do turismo no Litoral Paulista.

A fim de conferir ampla divulgação do trabalho e transparência ao processo de implementação do projeto, todos os relatórios, dados coletados e boletins emitidos serão disponibilizados no website www.observatoriodoturismo.com.

Nesta página, o Professor também apresentará as ações do "Observatório de Turismo do Litoral Paulista" (TULIPA), Grupo de Pesquisa formado por docentes do mesmo Campus, que é certificado pelo Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPq) do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e encontra-se cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil.

..:: Serviço ::..

IFSP Campus Cubatão (link)
Edital PIBIFSP nº 003/2016 (link)
Grupo de Pesquisa "Observatório de Turismo do Litoral Paulista" (TULIPA)
Coordenador do CDT em Gestão de Turismo: Prof. Dr. Thiago Rodrigues Schulze (Lattes)
Coordenador do Projeto: Prof. Me. Aristides faria Lopes dos Santos (Lattes)

Observatório do Turismo | Litoral Paulista: www.observatoriodoturismo.com

Seminário de Hospitalidade discute Turismo na região

Dirigido a empresários, profissionais e autoridades públicas, a 5ª edição do evento será realizada em Itanhaém, dia 2 de maio, e abordará Gestão Pública Municipal no setor.
  
Belas paisagens naturais e equipamentos que contam um pouco da história do País fazem com que as cidades da região atraiam turistas durante todo o ano. Mas a forma como este importante setor é gerido em cada uma delas pelo poder público municipal pode fazer a diferença e contribuir ainda mais com a economia local. Essa visão será abordada e discutida durante o V Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA). O evento, que é promovido pela RH em Hospitalidade e realizado de forma itinerante, anualmente, este ano será feito em Itanhaém, no dia 2 de maio.

O seminário ocorrerá nas dependências da Associação Comercial, Agrícola e Industrial de Itanhaém (ACAI). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por meio do website do evento: www.sehlipa.com.

O evento é voltado para empresários, profissionais e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo no Estado de São Paulo. Em 2015, reuniu cerca de cem participantes, os quais discutiram tendências e propostas para o desenvolvimento do turismo regional no Litoral Paulista.

Segundo o promotor e idealizador do SEHLIPA, Aristides Faria, a escolha de Itanhaém para a realização do evento deu-se devido à importância da cidade para a economia regional, sobretudo para os negócios do setor de viagens e turismo.

Nesta 5ª edição, o tema central do seminário será Gestão Pública Municipal do Turismo. “Serão levados a debate assuntos como democratização, participação societal e o fortalecimento das bases, por meio, por exemplo, da efetividade dos Conselhos Municipais de Turismo”, explica Faria.

Palestrantes

O promotor e idealizador do projeto ministrará a palestra de aberturado seminário, com o tema Competitividade no setor de Viagens e Turismo. Durante sua apresentação, o palestrante mostrará os resultados de sua dissertação de mestrado e correntes estudos de doutoramento em Hospitalidade. Faria também apresentará aspectos que impactam a competitividade de destinos turísticos. O foco serão os municípios que compõem a Região Metropolitana da Baixada Santista e, em especial, a cidade de Itanhaém.

Vereador suplemente da Câmara de Santos, Victor Panchorra, Relações Públicas de formação e produtor musical e áudio visual, também fará palestra no SEHLIPA. Em sua apresentação, intitulada Tudo está a nosso favor, o palestrante abordará a “reversão da falta de foco, eficiência e eficácia na gestão pública setorial do turismo em objetivos, transformando a energia dispersa e a ineficiência gerencial em resultados expressivos”.

O turismólogo e mestre em Hospitalidade Alan Guizi ministrará palestra com o tema A prefeitura municipal e seu papel na hospitalidade e competitividade turística local: O caso de Curitiba (PR). Morador da capital paranaense, Guizi possui Especialização em Gestão Estratégica de Marketing e Vendas pela FECAP e tem ampla experiência no mercado de agenciamento de viagens e reservas hoteleiras. Atualmente, é empresário e docente em cursos de graduação e pós-graduação, além de pesquisador com foco em competitividade, marketing de serviços e hospitalidade em destinações turísticas.

Em sua apresentação, o turismólogo falará especialmente sobre o turismo, atividade por meio da qual, segundo ele, a população local é colocada em contato com indivíduos e grupos das mais diversas origens. “A boa qualidade da experiência oriunda do encontro entre visitante e anfitriões é de suma importância para a consolidação da vocação turística de um município”.

Já o especialista em Segurança Pública Sérgio França, presidente do Instituto IPECS de Segurança Pública Municipal, irá abordar o Plano Municipal de Segurança – Impactos Estratégicos na Economia Local com ênfase na cadeia produtiva do turismo. França apresentará uma síntese sobre os desafios e ações para uma nova política de segurança pública para os municípios. E para construção de uma política pautada em indicadores que permitam a avaliação do progresso na gestão local da segurança pública em âmbito municipal e seus impactos estratégicos na economia local, dentre eles a cadeia produtiva do turismo.

“Não há pretensão de trazer para o governo municipal a responsabilidade pela repressão à criminalidade, considerando que nem mesmo as tradicionais agências estaduais e federais têm conseguido os resultados que a sociedade espera”, afirma o especialista em Segurança Pública. “No entanto, é possível articular, liderar e integrar os esforços e os recursos que direta ou indiretamente afetam a segurança em nível local. Incluir essas demandas na agenda de políticas públicas da administração municipal é o grande desafio deste trabalho”.

O quinto palestrante da noite será o jornalista e turismólogo Diego Brígido, editor da Revista Nove Cidades. O tema de sua apresentação será Nove Cidades: A Baixada Santista muito além das belas praias.

A proposta do jornalista, que vem da experiência de anos de trabalho no setor de viagens e turismo, tem tudo a ver com o tema central do SEHLIPA este ano. Para Brígido, a Costa da Mata Atlântica, nome turístico da Baixada Santista, é uma região de imenso potencial turístico e cultural, que extravasa os limites da mata e do mar. “A região tem sido palco de eventos diversos e também tem recebido investimentos nas áreas da gastronomia, hospedagem e entretenimento, o que evidencia a sua vocação para o turismo”.

O jornalista destaca ainda que se trata de uma região metropolitana de dimensões pequenas, o que permite o rápido deslocamento entre as cidades. “E ainda assim, o turismo regional não é uma prática frequente entre os moradores”.

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista foi criado e lançado em 2011. A primeira edição do evento foi realizada em Guarujá (2012), seguida por Praia GrandeSão Paulo e Santos.

Conforme Faria, o público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. “O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e gerar oportunidades de negócios”.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa 

Programação

17 às 18 horas: Recepção, credenciamento, abertura solene e palestra inaugural

Aristides Faria | Competitividade no setor de Viagens e Turismo

18 horas: Victor Panchorra | Tudo está a nosso favor!

18h30: Alan Guizi | A prefeitura municipal e seu papel na hospitalidade e competitividade turística local: O caso de Curitiba (PR)

19 horas: Sérgio França | Plano Municipal de Segurança: Impactos Estratégicos na Economia Local com ênfase na cadeia produtiva do turismo

19h30: Coffee break

20 horas: Diego Brígido | Nove Cidades: A Baixada Santista muito além das belas praias

20h30: Mauricio Campina | Análise do Potencial Turístico de Cubatão (SP)

21 horas: Encerramento
  
..:: Serviço ::..

V Seminário de Hospitalidade – Sehlipa 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17 às 21 horas
Local: Associação Comercial de Itanhaém
Endereço: Avenida Presidente Vargas, 757, Centro
Inscrições: www.sehlipa.com

Fonte: Elo Assessoria de Comunicação (http://elocomunicacao.com/)

terça-feira, 19 de abril de 2016

Palestrantes do Seminário de Hospitalidade são destaque em Fórum regional

Evento terá como destaque Renato Marchesini (Caiçara Expedições) e Diego Brígido (Revista Nove Cidades), entre outros relevantes profissionais do setor no litoral paulista.

A cidade de Santos reunirá na próxima segunda-feira (25) profissionais do setor de viagens e turismo para discutir alguns dos principais problemas – e potenciais – da Região Metropolitana da Baixada Santista durante o Fórum “Região em Pauta”, reunião promovida pelo jornal A Tribuna.

Entre os profissionais que ministrarão apresentações neste evento, dois têm ligação com o Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA), projeto lançado em 2011, cuja primeira edição foi realizada no município de Guarujá em abril de 2012.

As demais edições do SEHLIPA aconteceram em Praia Grande (2013), São Paulo (2014) e Santos (2015), quando estiveram presentes o Secretário de Turismo da cidade de Santos, Sr. Luiz Dias Guimarães, e o então Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Deputado Federal Roberto de Lucena (foto), além da então Delegada Regional de Turismo para Santos, Região e Vale do Ribeira, Sra. Celina Linhares.

Dep. Roberto de Lucena e Aristides Faria
Renato Marchesini atuou como palestrante na terceira edição do SEHLIPA, realizada na capital paulista nas dependências da Reserva Cultural (Av. Paulista, 900). À ocasião, Marchesini compartilhou com os participantes sua experiência no setor à frente da Caiçara Expedições, detalhou alguns dos roteiros oferecidos pela empresa e falou da importância da formação acadêmica e da formalização de negócios no mercado de turismo.

Diego Brígido, por sua vez, será palestrante da próxima edição do Seminário de Hospitalidade, que acontecerá no próximo dia 2 de maio (segunda-feira), nas dependências da Associação Comercial, Agrícola e Industrial de Itanhaém (ACAI). Nesta ocasião os participantes receberão exemplares da Revista Nove Cidades e poderão conhecer mais sobre a trajetória de sucesso deste profissional.

O tema central da quinta edição do SEHLIPA será “Gestão Pública Municipal do Turismo” e o idealizador e promotor do evento, Aristides Faria, ministrará palestra de abertura do Seminário com o título “Competitividade no setor de Viagens e Turismo”.

Conforme Faria, “a participação destes profissionais neste importante Fórum denota o prestigio e o protagonismo que o Seminário de Hospitalidade vem adquirindo ao longo destas cinco edições. Além de colegas, são amigos que vêm consolidando suas atuações profissionais e têm acompanhado o crescimento do SEHLIPA e outros projetos associados também”.

“Recentemente, inclusive, o jornal A Tribuna noticiou o destaque internacional do projeto”, comenta Aristides.

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)

Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj

domingo, 17 de abril de 2016

Confira a programação completa do V SEHLIPA

..::  [SEHLIPA | Itanhaém 2016] ::: Programação ::..

17h00 às 18h00: Recepção, credenciamento, abertura solene e palestra inaugural

Aristides Faria | Competitividade no setor de Viagens e Turismo

Prof. Dr. Thiago Rodrigues Schulze | Reflexões e perspectivas na formação dos profissionais de Turismo?

Emerson dos Santos Lopes | Turismo, o que temos a ver com isso?

18h00: Victor Panchorra | Tudo está a nosso favor!

18h30: Alan Guizi | A prefeitura municipal e seu papel na hospitalidade e competitividade turística local: O caso de Curitiba (PR)

19h00: Sérgio França | Plano Municipal de Segurança: Impactos Estratégicos na Economia Local com ênfase na cadeia produtiva do turismo

19h30: Coffee break

20h00: Diego Brígido | Nove Cidades: A Baixada Santista muito além das belas praias

20h30: Mauricio Campina | Análise do Potencial Turístico de Cubatão (SP)

21h00: Encerramento

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)
Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj


Município do Guarujá será case de sucesso apresentado na abertura do SEHLIPA

“Guarujá Host” (link), guia de meios de hospedagem, é um exemplo das ações empreendidas pelo poder público local em parceria com os mais diversos atores do setor de viagens e turismo.

A quinta edição do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA) será realizada no município de Itanhaém (SP) no próximo dia 2 de maio, entre as 17h00 e 21h00, nas dependências da Associação Comercial, Agrícola e Industrial de Itanhaém (ACAI).

O tema central do V SEHLIPA será “Gestão Pública Municipal do Turismo”, quando serão levados a discussão assuntos como democratização, participação societal e o fortalecimento das bases por meio, por exemplo, dos Conselhos Municipais de Turismo.

Durante o ato de abertura do evento o Diretor de Políticas de Turismo da Secretaria de Turismo da Prefeitura da Estância Balneária de Guarujá, Emerson dos Santos Lopes, apresentará o tema “Turismo, o que temos a ver com isso? Envolvendo e integrando atores em prol do desenvolvimento regional”.

Conforme o palestrante, “despertar, envolver, organizar, integrar, animar, disciplinar e legislar são funções do poder público, mas a operação das atividades turísticas é atribuição da iniciativa privada. Para que o desenvolvimento do turismo ocorra de forma ordenada é necessário que o governo municipal esteja bem envolvido e engajado no processo, e que em sua estrutura municipal haja um órgão que seja o interlocutor entre o trade turístico e a prefeitura”.

Lopes afirma, ainda, que “O Conselho Municipal de Turismo deve debater os grandes assuntos de interesse local e encaminhar suas propostas aos poderes Legislativo e Executivo Municipal. O Fundo Municipal de Turismo tem a função de ser o a fonte de recursos para aplicação exclusiva no desenvolvimento da atividade turística e na implantação de projetos turísticos, deve ser fiscalizado e orientado pelo Conselho e também precisa atender as mesmas regras legais impostas a qualquer órgão da administração pública”.

“A integração com as cidades vizinhas da mesma região ou com características similares permite que o turista fique mais dias na cidade. O Plano Municipal de Turismo define a política de turismo e os rumos que o setor terá nos próximos anos”, conclui.

..:: Sobre o Palestrante ::..

É Diretor de Políticas de Turismo de Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Guarujá desde março do presente ano e foi Assessor de Turismo (2009-2011 e 2015-2016) da Administração local.

Representa atualmente ao município na Câmara de Turismo do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) e no Comitê de Secretários e Diretores de Turismo da Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo (Aprecesp).

Formado em Gestão em Terminais Portuários e MBA em Gestão Empresarial Estratégica pela Universidade Católica de Santos (Unisantos). É Técnico em Turismo pelo Colégio Adélia Camargo Correa Guarujá e especialista em Gestão de Políticas de Turismo e em Regionalização do Turismo com formação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)
Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj
Foto: Praia do Guaiuba, Guarujá (SP). (Por: Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista)

sábado, 16 de abril de 2016

RH em Hospitalidade anuncia agenda de discussões do V SEHLIPA


Quinta edição do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista acontecerá no próximo dia 2 de maio na cidade de Itanhaém (SP).

Aristides Faria, idealizador e promotor do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA), ministrará a palestra inaugural da quinta edição do evento, que acontecerá no município de Itanhaém (SP), entre as 17h00 e 21h00.

O palestrante apresentará aspectos que impactam a competitividade de destinos turísticos. O foco serão os municípios que compõem a Região Metropolitana da Baixada Santista e, em especial, a cidade de Itanhaém.

O Seminário será realizado nas dependências da Associação Comercial, Agrícola e Industrial de Itanhaém (ACAI), à Av. Presidente Vargas, 757 (Centro). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por meio do website do evento: www.sehlipa.com.

Programação

17h00 às 18h00: Recepção, credenciamento, abertura solene e palestra inaugural

Aristides Faria | Competitividade no setor de Viagens e Turismo

Emerson dos Santos Lopes | Turismo, o que temos a ver com isso? 

18h00: Victor Panchorra | Tudo está a nosso favor!

18h30: Alan Guizi | A prefeitura municipal e seu papel na hospitalidade e competitividade turística local: O caso de Curitiba (PR)

19h00: Sérgio França | Plano Municipal de Segurança: Impactos Estratégicos na Economia Local com ênfase na cadeia produtiva do turismo

19h30: Coffee break

20h00: Diego Brígido | Nove Cidades: A Baixada Santista muito além das belas praias

20h30: Mauricio Campina | Análise do Potencial Turístico de Cubatão (SP)

21h00: Encerramento

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)
Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj


quinta-feira, 14 de abril de 2016

O potencial turístico de Cubatão (SP) será tema da palestra de Maurício Campina na quinta edição do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista

Parque Ecológico do Rio Perequê, Cubatão (SP) (foto: Aristides Faria)
Renomado profissional do turismo local, Campina apresentará uma análise das oportunidades de negócios no setor de viagens e turismo na cidade de Cubatão.

Mauricio Campina é o novo palestrante confirmado para a quinta edição do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA). O palestrante, que possui MBA em Economia e Negócios do Turismo pela FIPE/USP, compartilhará sua experiência e reflexões sobre o potencial turístico do município de Cubatão.

Sua contribuição será essencial para o alcance dos objetivos do evento, cujo tema central é “Gestão Pública Municipal do Turismo”, e para a compreensão do contexto atual do turismo em São Paulo, que há menos de um ano possui nova regulamentação sobre suas “Estâncias Turísticas”.

A Lei Complementar nº 1.261, de 29 de abril de 2015 (link), entre outras disposições, estabeleceu critérios objetivos para a classificação dos municípios paulistas como “Estâncias Turísticas”. O dispositivo criou, também, a denominação de “Municípios de Interesse Turístico”, categorização que visa dar transparência e noções de prioridades nas aplicações de recursos financeiros e econômicos nas cidades paulistas.

Por ocasião da elaboração da Agenda 21 do município de Cubatão, a partir de uma ampla análise realizada em discussão com diversos atores locais, foram identificados os seguintes pontos fortes:
  • Natureza exuberante, potencial para ecoturismo e turismo de aventura;
  • Presença do Parque Estadual da Serra do Mar (núcleo Itutinga-Pilões), com a maior porção da Mata Atlântica do Estado de São Paulo;
  • Acervos histórico, artístico e cultural;
  • Parques municipais;
  • Facilidade de acesso;
  • Presença de uma ONG com fins específicos de desenvolvimento do turismo sustentável;
  • Presença de diversas instituições de educação e pesquisa em turismo na região da Baixada Santista;
  • A existência do turismo náutico e de pesca esportiva na Ilha de Caraguatá.
 ..:: Sobre o palestrante ::..

Graduado em Turismo e Educação Física. Com pós-graduação e especializações nas áreas de Gestão de Projetos, Marketing, Administração e Gestão em Turismo. Atua como especialista em administração pública e como consultor em esporte e turismo.  Autor dos estudos “Os Eventos Esportivos como Motor de Desenvolvimento e Inovação para as Cidades Sedes e Regiões”, apresentado na Federation Internacionale D”Education Physique e "Análise do Potencial Turístico de Cubatão", Trabalho de conclusão MBA  Economia e Negócios do Turismo - FIPE – USP

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016

Data: 2 de maio (segunda-feira)

Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)
Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj

Segurança Pública Municipal: tema da palestra de Sérgio França no V SEHLIPA

Profissionais entrevistados apontaram que a (in)segurança pública é o principal entrave ao desenvolvimento do turismo na Região Metropolitana da Baixada Santista.

A consultoria [RH em Hospitalidade] promoveu em 2014 o projeto “Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista”, ação autônoma e apartidária que mobilizou profissionais e empresários do turismo na Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS) para a elaboração colaborativa de um diagnóstico do setor na região.

O projeto foi executado em três fases concomitantes: pesquisa de opinião pública e reuniões com profissionais do setor (survey aplicado via internet) e visitas técnicas a atrativos turísticos administrados pelo poder público municipal em cada uma das nove cidades da RMBS.

Os resultados do projeto foram amplamente divulgados por meio das redes sociais (www.facebook.com/agendapropositivadoturismo) e apontaram, na visão dos profissionais entrevistados, que o principal entrave para o desenvolvimento do setor de viagens e turismo na RMBS é a (in)segurança pública.

Em vista deste cenário, a comissão organizadora do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA) convidou o especialista em Segurança Pública, Sérgio França, para compartilhar sua ampla experiência na área.

Em sua palestra intitulada “Plano Municipal de Segurança – Impactos Estratégicos na Economia Local com ênfase na cadeia produtiva do turismo”, o presidente do Instituto IPECS de Segurança Pública Municipal (www.ipecs.org.br) apresentará uma “síntese sobre os desafios e ações para uma nova política de segurança pública para os municípios, para construção de uma política pautada em indicadores, que permitam a avaliação do progresso na gestão local da segurança pública em âmbito municipal e seus impactos estratégicos na economia local, dentre eles a cadeia produtiva do turismo”.

França alerta que “não há pretensão de trazer para o governo municipal a responsabilidade pela repressão à criminalidade, considerando que nem mesmo as tradicionais agências estaduais e federais têm conseguido os resultados que a sociedade espera. No entanto, é possível articular, liderar e integrar os esforços e os recursos que direta ou indiretamente afetam a segurança em nível local. Incluir estas demandas na agenda de políticas públicas da administração municipal é o grande desafio deste trabalho”.

Na ocasião serão apresentados através do novel conceito de gestão democrática e estratégica da Segurança Pública Municipal, pautada em três eixos fundamentais:
Estimulo da gestão participativa da sociedade na elaboração e desenvolvimento de um plano municipal estratégico para o setor; A integração e fortalecimento das agencias municipais de segurança, privilegiando o aprimoramento do uso da inteligência nas ações de fiscalização e manutenção da ordem pública, das normas técnicas e do uso de tecnologia; e O impacto desta política púbica na economia local, com ênfase na cadeia produtiva do turismo.
..:: Sobre o Palestrante ::..

Agente da Guarda Municipal de Santos desde 1992, Presidente do Instituto IPECS foi Secretário Geral do Conselho Nacional das Guardas Municipais CNGM entre os anos de 2006 e 2011, Secretário Geral da Seção Brasileira da International Police Association – IPA, nos anos de 2002 e 2006, e do Centro de Direitos Humanos “HENFIL” – SANTOS-SP.

Graduado em Gestão de Recursos Humanos pela UNIMONTE Santos/SP, Consultor e Pesquisador do Instituto IPECS nas áreas de gestão estratégica, formação e desenvolvimento profissional, e é Diretor do Departamento de Força Tarefa da Cruz Vermelha Brasileira – filial Santos.

Coordenador Geral do Comitê de Organização do Fórum Nacional de Segurança Pública Municipal, diretor e articulista da Revista QAP Total e Secretário Executivo da Conferencia Nacional das Guardas Municipais.

..:: Sobre o Instituto IPECS ::..

Instituto de Pesquisa, Ensino e Consultoria Técnica em Segurança Pública Municipal (IPECS), é uma entidade sem fins lucrativos, criado em junho de 2002, por iniciativa do Movimento Nacional pela Regulamentação da atividade policial das Guardas Municipais liderado na época pela UNGCM.

Atua como parceiro estratégico e no desenvolvimento de pesquisas junto a Conferência Nacional das Guardas Municipais (CONGM), e outras organizações classistas, instituições acadêmicas e empresas que atuam na área de segurança pública municipal no Brasil e no exterior.

Contribui com o governo à medida que está comprometido com o desenvolvimento dos municípios, especialmente na área da segurança, e que responde à demanda de institutos competentes que possam auxiliá-lo no fortalecimento da inclusão dos municípios no sistema de segurança pública.

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)

Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj

domingo, 3 de abril de 2016

Hospitalidade e Competitividade serão tema da palestra de Alan Guizi no V SEHLIPA

Alan Guizi confirma sua participação no Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista com a apresentação de case sobre Curitiba (PR).

A cidade de Itanhaém no litoral paulista sediará em 2 de maio a próxima edição do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA), evento anual e itinerante, que reúne empresários, profissionais e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo no Estado de São Paulo.

Alan Guizi confirma sua apresentação na quinta edição do SEHLIPA, cujo tema será “A prefeitura municipal e seu papel na hospitalidade e competitividade turística local: O caso de Curitiba (PR)”.

Paulista, morador da capital paranaense, o palestrante é Turismólogo e Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi, possui Especialização em Gestão Estratégica de Marketing e Vendas pela FECAP e tem ampla experiência no mercado de agenciamento de viagens e reservas hoteleiras. Atualmente é empresário, docente em cursos de graduação e pós-graduação, além de pesquisador com foco nos seguintes assuntos: competitividade, marketing de serviços e hospitalidade em destinações turísticas.

Guizi afirma que a “hospitalidade (e/ou a hostilidade) está presente em todos os atos de relacionamento humano, desde uma simples conversa até aquele sorriso ensaiado que recebemos de um atendente em comércio qualquer. No entanto, a hospitalidade é intrínseca àquele que quer acolher, receber bem ao outro e agregá-lo à sua comunidade, por exemplo, em sua própria cidade”.

Em sua apresentação, Alan discorrerá especialmente sobre o turismo, atividade por meio da qual “a população local é colocada em contato com indivíduos e grupos das mais diversas origens. A boa qualidade da experiência oriunda do encontro entre visitante e anfitriões é de suma importância para a consolidação da vocação turística de um município”.

O palestrante aponta, ainda, que “as primeiras impressões que o visitante tem de uma cidade são aquelas obtidas de suas primeiras relações com a comunidade local, seja na figura de prestadores de serviços ou um morador comum que lhe preste uma informação, por exemplo”.

A hospitalidade, deste modo, torna-se um fator fundamental para que o turismo cresça e se desenvolva em uma destinação, levando consigo o desenvolvimento local por meio da criação de novos postos de trabalho, visibilidade da cidade, bem como o a preparação e o interesse dos anfitriões em receber o outro considerando-se, neste quesito, a participação  da prefeitura (dentre outros órgãos públicos) como provedor de planos e estratégias de uso do espaço urbano, bem como regulador e promotor do bem-estar social.

..:: Sobre o SEHLIPA ::..

O projeto do SEHLIPA foi criado e lançado no ano de 2011. A primeira edição do evento foi realizada no município do Guarujá (2012), o segundo Seminário aconteceu em Praia Grande (2013), a terceira edição do evento foi em São Paulo, em abril de 2014, e a quarta aconteceu em Santos (2015).

O público-alvo do projeto é composto por profissionais, empresários e autoridades públicas atuantes no setor de viagens e turismo. O objetivo do SEHLIPA é criar espaço para relacionamento corporativo e geração oportunidades de negócios.

Informações: sehlipa.com | sehlipa.blogspot.com | facebook.com/sehlipa | twitter.com/sehlipa | instagram.com/sehlipa | app.vc/sehlipa

..:: Serviço ::..

Seminário de Hospitalidade | Itanhaém 2016
Data: 2 de maio (segunda-feira)
Horário: 17h às 21h00
Local: Associação Comercial de Itanhaém (Av. Presidente Vargas, 757. Centro)

Inscrições: http://goo.gl/tjOlGj