Translate this blog

Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de maio de 2017

Semana marca publicações de professor do curso de Turismo do IFSP Câmpus Cubatão em eventos internacionais

Produção científica do professor Aristides Faria, do IFSP Câmpus Cubatão, é apresentada em congressos realizadas em Portugal e Dinamarca.

Professor Aristides Faria, atuante no Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (Câmpus Cubatão), obteve aprovação de dois trabalhos científicos a serem apresentados em congressos internacionais.

A primeira apresentação se dará na conferência internacional INVTUR, promovida pela Universidade de Aveiro, em Portugal (https://www.ua.pt/invtur/), cujo tema central é “Cocriar o futuro do turismo”.

O estudo a ser apresentado intitula-se "Gestão de riscos inerentes ao turismo: estudo comparativo entre regiões turísticas de São Paulo e Minas Gerais, Brasil" e tem coautoria de Vanuza Bastos e da Profa. Dra. Elizabeth Kyoko Wada, docente e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Hospitalidade da Universidade Anhembi Morumbi (Laureate International Universities) – quem efetivamente apresentarão os resultados da investigação.

A pesquisa objetivou identificar os fatores que impactam de maneira positiva e/ou negativa na competitividade do setor de viagens e turismo em nível regional. Foram analisadas duas regiões turísticas: Estrada Real, em Minas Gerais, e Costa da Mata Atlântica, denominação que faz referência aos nove municípios que compõem a Região Metropolitana da Baixada Santista, no litoral de São Paulo.

Na Dinamarca, o trabalho intitulado “Aproximações entre Comunicação, Turismo e Gestão da Hospitalidade: um estudo empírico”, também em coautoria com a professora Beth Wada, será apresentado na CHME Research Conference (http://chme17.org), sediada pela University College of Northern Denmark (UCN).

O estudo objetivou promover reflexões sobre o potencial desenvolvimento de uma solução de base tecnológica capaz de auxiliar gestores de destinos turísticos e prestadores de serviços na tarefa de gerenciar as demandas de seus stakeholders (trabalhadores, consumidores, fornecedores, entes governamentais etc.).

É utilizado como exemplo o “Sistema Integrado de Gestão de Destinos Turísticos” (SIGESTur), que é fruto de projeto de iniciação científica desenvolvido no âmbito do Câmpus Cubatão e foi um dos dez finalistas no Camp de Inovação no Turismo, premiação promovida pelo Portal Panrotas – mídia especializada em turismo – e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e que teve sua primeira edição realizada entre os dias 25 e 27 de novembro de 2016 na cidade de São Paulo.

No artigo é proposta discussão sobre as possíveis convergências entre turismo (espaços patrimoniais), hospitalidade (relacionamento entre os stakeholders) e comunicação (jogos pervasivos, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais).

..:: Mais informações ::..



CHME Research Conference: http://chme17.org